terça-feira, abril 6

A ex-BBB Cacau pode sair uma segunda vez na Playboy, com a jornalista lésbica Angélica


By on 12:36

Playboy espera grandes vendas de revistas da ex-BBB Cacau. E quer Angélica com ela numa segunda Capa.





(Foto: Playboy)
A Playboy da ex-Big Brother Brasil Cacau, apelido da empresária paulista Claudia, chega às bancas nesta terça, com a missão de ser uma das mais vendidas do ano. A expectativa da Playboy é de que sejam vendidos 200.000 exemplares. E de que este seja o primeiro ensaio de Cacau para a revista. "Estamos discutindo um ensaio com a Angélica", disse a empresária, durante a coletiva de lançamento da sua edição. As vendas da revista com a ex-BBB10 Tessália, lançada em março, não foram reveladas.
Cacau contou que a experiência do primeiro ensaio a ajudou a decidir pelas novas fotos com a ex-colega, que é lésbica e, suspeitou-se, se apaixonou por ela no confinamento. "Eu perdi a timidez. Durante o ensaio, já nem usava roupão. Dizem que isso não é muito comum, mas achei hipocrisia ficar me vestindo entre uma foto e outra, porque quem estava trabalhando me via pelada, mesmo."
Uma das cenas mais curiosas do ensaio aconteceu quando a ex-BBB tirou fotos no teto de uma casa. "Os vizinhos pararam para ver e até uns caras, que passavam de carro, estacionaram e ficaram fumando, enquanto eu fazia as fotos." Outra história curiosa envolve uma homenagem ao ex-colega de confinamento Michel. Cacau ganhou um dos coelhinhos com que aparece na revista, de coelhinha da Playboy, e deu a ele o nome de Alf, apelido de Michel na casa. "É porque ele é branquinho."

Um ano de fama - Assim que chegou ao local da coletiva, Cacau foi cercada por Divulgação/Playboycâmeras. Mãos na cintura, inclinava a cabeça até o ombro e sorria. "Escolham as melhores fotos, hein?", pediu, a bordo de um vestidinho cinza de babado muito acima do joelho. Apesar da pose de estrela, a empresária mostrou consciência da carreira curta de um ex-BBB. "Ex-BBB não é emprego”, afirmou. "Devo ter mais um ano ou um ano e pouco de fama."
A sobrevida artística, na opinião de Cacau, depende do talento de cada um. A própria empresária diz que planeja fazer curso de teatro, para atuar como apresentadora ou atriz, mas que não sabe se vai dar certo, porque não sabe se tem "jeito para a coisa".
Admirada com os fãs que adquiriu no reality show, Cacau disse não entender o que os move. "Eu não fiz nada demais. Se eu tivesse fundado uma ONG (organização não-governamental), mas eu participei do Big Brother", riu, lembrando de pessoas que fazem plantão nos hotéis onde se hospeda só para vê-la. "Até minha família mudou comigo. Meus parentes, que eu conheço desde que nasci, querem tirar foto a toda hora."

Análises do 'BBB' - Sobre o BBB10, edição de que participou, Cacau afirmou ter se arrependido de ter dado o colar do anjo ao namorado Eliéser. Ela o imunizou e foi mandada para o paredão, quando então acabou saindo do programa. "Eu me arrependo de ter feito isso, porque o Eliéser ficou com uma imagem muito ruim e eu poderia ter ficado um pouco mais na casa."
Ainda sobre o programa, Cacau disse achar que o apresentador Pedro Bial tomou partido contra Eliéser, ao chamá-lo de "banana". "O Bial é um superprofissional, mas é humano, não consegue ser imparcial. Ele demonstra com quem tem mais afinidade."


Fonte: Revista Veja.

About Syed Faizan Ali

Faizan is a 17 year old young guy who is blessed with the art of Blogging,He love to Blog day in and day out,He is a Website Designer and a Certified Graphics Designer.

0 comentários:

Postar um comentário